preparo de superfícies

3 dicas importantes para antes da pintura

Share Button

Para garantir que sua casa fique bonita não basta escolher o acabamento e a cor de seu gosto! É preciso também tomar bastante cuidado com o substrato que receberá a pintura. Para melhor entendimento vou contextualizar o leitor com uma experiência minha antes das dicas.

Me lembro muito bem de um prejuízo que tive em um dos meus primeiros clientes, uma empresa de no bairro do Portão, em Curitiba. Tratava-se de uma parede que estava com uma textura rolada antiga, e que precisava ser revestida com grafiato.

Textura rolada

Textura rolada

A estratégia parecia simples. Em minha concepção de empreiteiro inexperiente pensei que bastava lixar as pontas da textura, passar um selador de fundo simples na cor do grafiato, e, posteriormente, fazer o acabamento final com o grafiato. Falhei com meu achismo…

Quando a pintura final começou a ser feita, machinhas azuis começaram a aparecer em todos os pontos do grafiato, que era branco. O que soava bastante estranho, porque em grafiato branco não tem pigmentos azuis.

Fui aí que tive que buscar ajuda junto aos responsáveis técnicos da CYZ, para solucionar o problema. Primeiramente encontramos a origem do problema e depois uma solução com o mínimo de prejuízo possível.

  • Origem: no momento em que lixamos a textura anterior, partículas de pigmentos da pintura anterior tornaram-se abertos, mesmo que invisíveis a olho nu, e isto veio a contaminar o selador de fundo e o grafiato que aplicamos posteriormente para o acabamento final. É importante frisar que esta contaminação ocorreu dentro do período de cura da textura grafiato, que é de 72 horas dentro das condições climáticas previstas na ficha técnica. Desta contaminação surgiram os pontinhos azuis em toda a massa.
  • Solução: aguardar a cura do material e, por ser um ambiente interno, pintar a superfície contaminada com o Selador Especial, um material desenvolvido pela CYZ para pintar paredes texturizadas sem perder os traços de acabamento rústico esperado pelas texturas.
  • Prejuízo: gastei com produtos e mão de obra, um trabalho que não havia sido previsto quando fiz o preço e firmei contrato com o cliente.

Tudo isso serviu como um grande aprendizado e agora compartilho aqui no blog alguns 3 cuidados imprescindíveis que devem ser tomados em relação à superfície que será trabalhada.

Grafiato vertical e horizontal em acabamento quadrado

Grafiato vertical e horizontal em acabamento quadrado

  • Compre o produto certo: antes de comprar, verifique se o produto que está sendo adquirido pode ser aplicado na superfície e, caso não puder, verifique o que pode ser feito com o vendedor ou técnico que está te atendendo.
  • Superfície limpa e seca: o substrato não deve estar empoeirado, gorduroso, com mofo, sem coesão ou com partículas soltas. Primeiro passo é limpar e secar.
  • Unifique as partículas soltas: em casos como o que descrevi acima, ou em paredes calfinadas recentemente, é altamente recomendado que a seja aplicado um fundo preparador de pintura para unificar as partículas soltas. Aqui na CYZ trabalhamos com um produto altamente eficiente chamado Selac.

Se eu tivesse este conhecimento naquela época, não teria perdido tempo e dinheiro, e nem credibilidade, com o meu cliente. Se você é profissional da área de pintura e impermeabilização, ou está envolvido com a execução de alguma obra fique bastante atendo ao tratamento das superfícies. Não vai se arrepender.

Share Button

Como preparar a parede para aplicar a textura ou grafiato

Share Button

Antes de aplicar a textura e o grafiato, é importante preparar a superfície da parede para que deixar a massa uniforme e a aparência mais bonita e profissional, evitando problemas no futuro. A regra mais básica é deixar a parede limpa, seca e sem restos de gordura ou outros tipos de resíduos.

lixar

  1.  Passe uma vassoura macia para eliminar os vestígios de sujeiras, teias de aranha ou poeira;
  2. Se existir algum vestígio de tinta ou reboco solto, lixe para deixar a superfície uniforme;
  3. Caso tenha sinais de bolor, tente retirar o máximo possível das machas com água misturada com água sanitária e espere secar;
  4. Já se houver manchas de gordura ou gracha, limpe com água e detergente neutro, enxágue e espere secar;
  5. Se as paredes tiverem com uma tinta brilhante, será preciso lixar até que toda a superfície fique fosca;
  6. Caso seja preciso escovar ou lixar as paredes antes de aplicar a textura ou o grafiato, garanta que depois será retirada toda a poeira solta neste processo.

Depois da limpeza e antes de aplicar a textura ou o grafiato, você pode utilizar uma camada de selador ou um fundo preparador de paredes, ele ajuda a garantir uma maior durabilidade do revestimento e aumenta ainda mais a uniformidade  da superfície e resistência a umidade.

Share Button