Dicas

Por que vale a pena aplicar selador para paredes?

Share Button
Rolos de tinta e pincéis são os mais indicados para aplicar seladores.

Rolos de tinta e pincéis são os mais indicados para aplicar seladores.

Não se deixe enganar. Se a sua casa está em obras e receberá uma nova tinta ou texturas, investir em um selador para paredes é uma forma de obter economia no uso de materiais e melhores resultados.

Para entender como este produto contribui para tornar o aspecto do grafiato e da textura projetada mais bonito, leia a seguir porque esta etapa não deve ser deixada de lado!

O que é o selador para paredes?

O selador é um produto acrílico e líquido que é passado nas superfícies antes de receberem tintas e acabamentos.

As suas funções são as de preparar as paredes para receber o acabamento e facilitar a aplicação.

Com o produto, as superfícies ficam mais uniformes, já que ele unifica as partículas soltas no local em que será usado.

Quando uma parede é erguida, os líquidos são puxados com maior velocidade e de maneira irregular.

Com o uso do selador, porém, a capacidade de absorção das superfícies novas é reduzida, já que há menos imperfeições nelas.

Como resultado, você terá uma economia de materiais e melhores resultados ao revestir as paredes, que ficarão mais bonitas!

Quais tipos de paredes podem receber os seladores?

Os seladores acrílicos podem ser aplicados em diferentes tipos de materiais e acabamentos de paredes, como gesso, alvenaria, reboco e massa corrida.

O acabamento mais comum é o transparente, mas é possível encontrar produtos que vêm pigmentados com a cor desejada.
Entretanto, o selador pigmentado ou neutro só terá alguma influencia se você for pintar o local.

Como aplicar o selador acrílico?

Antes de colocar o produto na parede, certifique-se de que a área em que será aplicado não possui restos de tinta ou buracos.

Para retirar a pintura anterior, passe uma lixa e coloque argamassa em buracos e rachaduras, caso eles existam. E se você for realizar essa tarefa por conta própria, não ignore o uso de uma máscara e óculos para se proteger da poeira.

Feito isso, dilua o selador em água de acordo com as recomendações do fabricante. Antes de passá-lo, use um pano úmido com água para facilitar a fixação.

A aplicação é feita por meio de rolos de lã e pincéis e é preciso realizar somente uma demão.

O tempo de secagem varia de uma a quatro horas.

É necessário usar seladores para paredes?

Embora não seja obrigatório, a CYZ recomenda o uso dos produtos para que o grafiato e a textura projetada fiquem mais bonitos. Afinal. os acabamentos não têm só a função de proteção contra a umidade e as infiltrações, mas também de decoração de casas e apartamentos.

Agora que você já sabe qual é a importância do uso de seladores para paredes, que tal aprender mais dicas para proteger a sua casa e torná-la mais bela? Para isso, acesse este link e siga todas as novidades na nossa página no Facebook!

Se tiver alguma dúvida sobre a aplicação de texturas para paredes, deixe a sua pergunta nos comentários.

Share Button

4 coisas que você deve saber ao aplicar grafiato na parede

Share Button
Parede de área interna com textura amarela Cyz. Para obter os melhores resultados ao aplicar grafiato na parede, é preciso levar em conta a limpeza do local e o uso de seladores.

Decoração com textura da marca CYZ. Para obter os melhores resultados ao aplicar grafiato na parede, leve em conta a limpeza e o uso de seladores.

Depois de avaliar as melhores formas para decorar a sua casa, você concluiu que aplicar grafiato na parede é a escolha certa para deixá-la mais bonita e protegida. E é mesmo!

Afinal, o revestimento traz vantagens que vão além da estética, como a redução do impacto da umidade, mais segurança contra infiltrações e o aumento da durabilidade do seu imóvel.

Mas, antes de colocar a textura, é preciso ter alguns cuidados para obter os melhores resultados. Para descobrir como aplicá-la sem erro, acompanhe as dicas a seguir:

1. Limpe bem as paredes

Como já falamos em um outro post, para conseguir o efeito esperado é necessário deixar a superfície que receberá a massa limpa e uniforme.

Para começar, use uma vassoura macia para tirar a poeira. Se a sujeira estiver grossa ou existir gordura, use uma esponja e uma solução com água e detergente. E fique atento para áreas emboloradas. Se for o caso, retire o máximo possível com uma bucha e água sanitária diluída.

Um outro cuidado importante é com restos de tinta e reboco. Como a parede precisa estar lisa, elimine as irregularidades com uma lixa.

2. Aplique um selador ou fundo preparador

Embora não seja um item obrigatório para aplicar grafiato na parede, ou mesmo outras texturas, o selador e o fundo preparador facilitam o trabalho e oferecem um melhor resultado final.

A função do selador é a de preencher as porosidades do local e garantir uniformidade para receber o revestimento, o que dará mais rendimento à massa.

Já para as paredes de gesso, pintadas com cal ou formadas por blocos, a nossa indicação é usar o fundo preparador. Os motivos são os mesmos do selador: tornar a região mais uniforme e aumentar a aderência do acabamento.

3. Evite aplicar grafiato em paredes com infiltração

Como já dissemos por aqui, o grafiato é hidrorrepelente, ou seja, protege o local que receberá a massa contra a umidade, o que evita a infiltração.

Mas isso não significa que a textura é capaz de acabar com uma infiltração já existente em sua parede.

Na verdade, o mais provável é que com o tempo o revestimento seja danificado por este problema, o que irá lhe custar tempo e dinheiro.

Se este for o caso do ambiente em questão, descubra qual motivo e tente resolvê-lo antes de utilizar qualquer textura.

Contate um profissional de confiança para avaliar de onde vem a infiltração e, depois de resolvido o problema, use o grafiato ou um impermeabilizante para proteger a sua casa.

4. Escolha bem o ambiente que receberá o grafiato

Corredor externo de prédio após aplicação de textura marrom. Embora seja mais comum em áreas externas, pode-se aplicar grafiato em paredes internas e até mesmo no banheiro!

Embora seja mais comum em áreas externas, como na foto acima, é possível aplicar grafiato em paredes internas e até mesmo no banheiro!

Em geral, o grafiato costuma ser usado em áreas externas, mas nada o impede de aplicá-lo em superfícies interiores para deixá-las mais bonitas.

Entretanto, há cômodos em que o uso requer moderação.

Você pode muito bem explorá-lo para criar uma composição diferente no banheiro, por exemplo — o que já sugerimos por aqui, inclusive –, mas não se esqueça que os azulejos e o porcelanato têm a sua função. E se o cômodo não possuir janela ou for pouco ventilado, é melhor evitar a textura.

Agora, se a sua ideia é decorar a sala ou o quarto com o revestimento, tenha cuidado para não exagerar na mão e tornar o uso excessivo.

Ao seguir essas dicas, você evitará custos desnecessários na hora para aplicar grafiato na parede. Se você tiver alguma dúvida ou quiser nos contar a sua experiência, deixe um comentário ou entre em contato com a nossa equipe!

Share Button

Textura projetada: vantagens, efeitos, aplicação e rendimento

Share Button
Fachada de prédio com acabamento em textura projetada nas cores marrom e branca feita com textura da marca CYZ.

Textura projetada aplicada na parte externa de edifício em construção. Acabamento é um dos mais procurados pelos consumidores.

O grafiato não é a única opção de revestimento para decorar e evitar o excesso de umidade e de bolor. Além deste acabamento, há também a textura projetada, que ganha espaço nas paredes das casas pela beleza e utilidade.

Mas, como toda novidade, esta textura traz consigo algumas perguntas:

Afinal, qual é a diferença da projetada para outros revestimentos? Como ficará a minha casa depois de aplicá-la? E como é feita a sua aplicação?

Para responder a essas e outras questões, nós da CYZ fizemos um guia para você entender mais sobre o assunto. Confira!

O que é a textura projetada?

A textura projetada é um tipo de acabamento para paredes que tem as funções de decoração e de proteção. É hidrorrepelente, o que significa que apresenta uma forma efetiva de prevenção contra infiltrações, mofos e fungos.

Em geral, o seu uso é feito em áreas externas, mas nada impede de usá-la do lado de dentro da residência.

O revestimento é lavável, o que dá praticidade e durabilidade, e não exige pintura, já que a massa pode vir pigmentada.

Quais são os tipos de acabamento?

Como dissemos no início do texto, as texturas projetadas têm também uma função estética, de deixar a casa mais bonita.

Mas quais são os efeitos deixados por ela na parede?

Bem, os “estilos” mais comuns são três:

Travertino

parede com textura projetada vermelha acabamento travertino

Chapisco

parede com textura projetada vermelha acabamento chapisco

Flocado

parede com textura projetada branca acabamento flocado

Se você quiser ter outras ideias de como a sua casa ficará com as texturas mais comuns do mercado, dê uma olhada no post que dedicamos sobre o assunto!

Como é feita a aplicação?

Quem procura por esse tipo de revestimento, porém, deve ter em mente que para aplicá-lo é preciso de materiais especiais e experiência, o que dificulta bastante a tarefa de fazê-lo por conta própria.

O passo a passo para passar a textura é revestir a parede com um selador acrílico com a mesma cor colocada, aguardar a secagem –que leva de 3 a 4 horas–, aplicar a massa com uma pistola e finalizar com uma desempenadeira de PVC ou um rolo de PVC rígido. Para conseguir melhores resultados é comum molhá-las no querosene. O tempo de cura da parede é de cerca de 72 horas.

Para se ter uma ideia dos custos para a aplicação da textura, apenas a pistola sai de R$ 150 a R$ 1.300, conforme os níveis de regulagem oferecidos. Já o compressor de ar para “jorrar” a massa vai de R$ 600 a R$ 25.000, dependendo da potência necessária.

Mais barata mesmo só a desempenadeira, que pode ser encontrada por R$ 5 a R$ 6.

Por esse motivo, para se ter o efeito esperado, a recomendação é contratar um profissional para realizar o trabalho.

Qual é o rendimento da textura projetada?

Uma outra vantagem da textura projetada é o rendimento, que é muito próximo do grafiato.

Como já mostramos em outro texto, a média necessária de material é de 2,5 kg/m² a 4 kg/m². A variação ocorre devido ao nível de proteção e ao acabamento desejados.

Se você gostou do nosso post, mas ainda tem dúvidas sobre as texturas projetadas, entre em contato com a CYZ por meio do nosso formulário. Nós teremos prazer em ajudá-lo!

Share Button

Texturas e grafiato: 10 acabamentos para renovar sua casa

Share Button

Uma alternativa para as pinturas convencionais, as texturas e o grafiato oferecem diferentes opções de cores e de relevos que são capazes de renovar o ambiente da sua casa.

Para cada acabamento, a residência pode ganhar uma sensação de aconchego, de sofisticação ou mesmo um estilo mais moderno ou rústico. E isso com apenas três tipos de massa: o grafiato e as texturas de rolo e projetada.

Além de incrementarem o visual, alguns fabricantes oferecem o benefício de esses materiais serem hidrorrepelentes. Isso significa que a aplicação garante que a água e a umidade em excesso passem longe das suas paredes, o que protege a casa contra o bolor, as infiltrações e os danos causados pela ação do tempo.

Veja a seguir 10 estilos de acabamento com texturas e grafiato capazes de renovar sua casa!

1. Grafiato vertical

Estilo mais visto de grafiato, é obtido quando a parede recebe a massa de baixo para cima.

grafiato vertical

Crédito: Pinterest

2. Grafiato horizontal

Opção em que a textura é aplicada de uma lateral a outra da parede.

Grafiato Horizontal

Crédito: Arquivo CYZ

3. Grafiato cruzado

grafiato cruzado

Surge da combinação da aplicação na horizontal e na vertical, o que forma pequenos quadrados na superfície.

4. Grafiato circular

É obtido por meio da aplicação em movimentos circulares, que deixa as ranhuras menos uniformes.

textura grafiato circular

Crédito: Pinterest

5. Textura meia-lua

Tem esse visual garantido com a aplicação da textura com rolo de tinta em movimentos circulares.

textura meia lua

Crédito: Pinterest

6. Textura rústica

Textura em alto relevo em que a aplicação é feita com rolos de tinta.

textura rustica azul

Crédito: Arquivo/Cyz

7. Travertino (Textura projetada)

Acabamento em que a parede recebe menos flocos, que são grandes e planos.

Crédito: Cyz

Crédito: Cyz

8. Chapisco (Textura projetada)

Neste caso, a superfície ganha pequenos flocos em uma quantidade maior que o travertino.

Crédito: AEC Web

Crédito: AEC Web

9. Flocado (Textura projetada)

Estilo próximo ao chapisco. Porém, com flocos maiores.

Crédito: Usimassa

Crédito: AEC Web

10. Textura de rolo

Tipo de textura que oferece diferentes opções de desenho, conforme o rolo usado para o acabamento. Com isso, o visual fica num estilo próximo aos papeis de parede.

Crédito: Bloz Faz Fácil

Crédito: Bloz Faz Fácil

Com texturas e grafiato, você consegue mudar o estilo e ainda valorizar a sua casa, que fica livre das infiltrações e do excesso de umidade. Se você tem dúvidas sobre os tipos de acabamento e a aplicação dos materiais, deixe um comentário abaixo. Nós teremos prazer em ajudá-lo!

Para solicitar um orçamento, entre em contato por meio do nosso formulário.

Share Button

5 cuidados para impermeabilizar reservatórios aterrados com manta líquida

Share Button

A tecnologia de mantas líquidas possuem diversas vantagens sobre a tradicional manta asfáltica, principalmente em termos de praticidade. Diferente da primeira e mais tradicional, que necessita ser derretida com maçarico, a segunda é aplicada de maneira bastante similar a uma pintura, com trinchas, pincéis, rolos, compressores de ar e brochas.

A manta líquida Vucan, que trabalhamos aqui na CYZ, além das vantagens naturais de sua tecnologia, é atóxica, sendo assim ideal para reservatórios de água para consumo ou aquários.

De uma maneira geral, é extremamente mais vantajoso se trabalhar com as mantas líquidas devido ao ganho de tempo e a facilidade na manutenção. Mas existe um tipo de impermeabilização que demanda bastante cuidado com esta recente tecnologia: a impermeabilização de reservatórios aterrado

Reservatório aterrado.

Reservatório aterrado.

s.

Os dois tipos mais comuns de reservatórios aterrados são piscinas e cisternas que tenham sido construídas abaixo do nível da terra. E demandam cuidados especiais para que efetivamente funcionem. São eles:

  • Aguarde a cura do concreto: superfícies de concreto podem levar até 28 dias para obterem sua cura definitiva e, enquanto isto não ocorre, ele estará emanando umidade para cima.
  • Revestimento sobre a impermeabilização: vapores provenientes da umidade da terra ou do próprio concreto podem fazer pressão contra a manta, o que pode acabar gerando bolhas e comprometer a impermeabilização. Para prevenir esta questão basta fazer um trabalho de proteção sobre a impermeabilização com revestimento e/ou cerâmica. A ideia é fazer pressão negativa sobre a manta líquida, evitando assim, o surgimento das bolhas.
  • Impermeabilize antes de aterrar: as mantas líquidas precisam de, em média, 72 horas para curar/secar, mas em reservatórios aterrados a cura pode ser mais demorada em virtude da umidade da terra e da baixa incidência de vento e sol. No caso de uma chuva, se o produto não tiver curado ainda, ele pode penetrar o concreto da caixa e atingir a manta. Portanto, uma aplicação da manta anterior ao aterramento torna mais facilitada sua cura.
  • Impermeabilize a área externa também: caso a área externa seja impermeabilizada, boa parte dos problemas previstos no item anterior já estão resolvidos.
  • Aplicação de argamassa polimérica: é possível também aplicar argamassa polimérica antes da manta líquida. A argamassa polimérica vai evitar a formação de bolhas por ser uma camada de impermeabilização cimentícia e, portanto, possuir uma boa afinidade com a água em termos de cura. É possível criar argamassa polimérica com a Vucan ou comprar uma solução pronta.

Estes são os principais cuidados para serem tomados na hora de planejar a impermeabilização de um reservatório aterrado com manta líquida.

Qualquer dúvida entre em contato com os técnicos da CYZ.

Grande abraço!

Share Button

Quantos kg de textura vou precisar para revestir minha casa?

Share Button

OK. Você decidiu revestir sua casa com algum tipo de textura. Quanto material você vai precisar?

A quantidade de textura à ser utilizada é a pergunta mais freqüente de nossos clientes. E muitos clientes ficam à mercê do que o pintor vai sugerir. Mas se você gosta de ter controle da situação na hora do orçamento segue a dica para poder estimar a quantidade de textura rolada, projetada ou grafiato que você vai precisar.

Grafiato CYZ no Pinheirinho

Grafiato CYZ no Pinheirinho

Na realidade é muito simples e você só vai precisar de uma trena, calculadora, papel e caneta. Produtos baratos e simples que todos mundo que está reformando ou construindo deveria ter em casa.

O primeiro passo é utilizar a trena para medir a área que será texturizada. A medida para cálculo necessária é de metros quadrados, representada pelo símbolo m².

Metros quadrados, ou m², nada mais é do que a multiplicação da largura pela altura da área. Por exemplo, se você vai revestir um paredão que possua 20 metros de altura e 50 metros de cumprimento, basta pegar a calculadora e fazer a multiplicação conforme exemplificado na tabela.

Altura x Largura = m² 20 x 50 = m² 20 x 50 = 1000m²

 

No exemplo que utilizamos descobrimos que você precisa revestir uma área de 1000m².

Para calcular a quantidade de materiais basta você multiplicar a metragem quadrada pelo rendimento de cada produto. A textura rolada rende 2kg/m², enquanto o grafiato e a projetada tem um rendimento de 4kg/m², em uma superfície já nivelada. Portanto aplicamos o cálculo da seguinte maneira:

Produto Fórmula Fórmula aplicada Quantidade (kg)
Textura Rolada m² x 2 = kg 1000 x 2 = kg 2000 = kg
Textura Projetada m² x 4 = kg 1000 x 4 = kg 4000 = kg
Textura Grafiato m² x 4 = kg 1000 x 4 = kg 4000 = kg

 

Proto, agora você já sabe a quantidade que seria necessária para cada material. É importante se antenar que o selador de fundo geralmente é um produto necessário na aplicação de revestimentos, e o seu rendimento é de 0,4kg/m². Agora que tu já sabe fazer a conta fique à vontade para exercitar e levantar a quantidade para deixar seu lar mais alegre!

Qualquer dúvida entre em contato conosco ou comente abaixo que responderemos o mais rápido possível.

Grande abraço!

Share Button

3 dicas importantes para antes da pintura

Share Button

Para garantir que sua casa fique bonita não basta escolher o acabamento e a cor de seu gosto! É preciso também tomar bastante cuidado com o substrato que receberá a pintura. Para melhor entendimento vou contextualizar o leitor com uma experiência minha antes das dicas.

Me lembro muito bem de um prejuízo que tive em um dos meus primeiros clientes, uma empresa de no bairro do Portão, em Curitiba. Tratava-se de uma parede que estava com uma textura rolada antiga, e que precisava ser revestida com grafiato.

Textura rolada

Textura rolada

A estratégia parecia simples. Em minha concepção de empreiteiro inexperiente pensei que bastava lixar as pontas da textura, passar um selador de fundo simples na cor do grafiato, e, posteriormente, fazer o acabamento final com o grafiato. Falhei com meu achismo…

Quando a pintura final começou a ser feita, machinhas azuis começaram a aparecer em todos os pontos do grafiato, que era branco. O que soava bastante estranho, porque em grafiato branco não tem pigmentos azuis.

Fui aí que tive que buscar ajuda junto aos responsáveis técnicos da CYZ, para solucionar o problema. Primeiramente encontramos a origem do problema e depois uma solução com o mínimo de prejuízo possível.

  • Origem: no momento em que lixamos a textura anterior, partículas de pigmentos da pintura anterior tornaram-se abertos, mesmo que invisíveis a olho nu, e isto veio a contaminar o selador de fundo e o grafiato que aplicamos posteriormente para o acabamento final. É importante frisar que esta contaminação ocorreu dentro do período de cura da textura grafiato, que é de 72 horas dentro das condições climáticas previstas na ficha técnica. Desta contaminação surgiram os pontinhos azuis em toda a massa.
  • Solução: aguardar a cura do material e, por ser um ambiente interno, pintar a superfície contaminada com o Selador Especial, um material desenvolvido pela CYZ para pintar paredes texturizadas sem perder os traços de acabamento rústico esperado pelas texturas.
  • Prejuízo: gastei com produtos e mão de obra, um trabalho que não havia sido previsto quando fiz o preço e firmei contrato com o cliente.

Tudo isso serviu como um grande aprendizado e agora compartilho aqui no blog alguns 3 cuidados imprescindíveis que devem ser tomados em relação à superfície que será trabalhada.

Grafiato vertical e horizontal em acabamento quadrado

Grafiato vertical e horizontal em acabamento quadrado

  • Compre o produto certo: antes de comprar, verifique se o produto que está sendo adquirido pode ser aplicado na superfície e, caso não puder, verifique o que pode ser feito com o vendedor ou técnico que está te atendendo.
  • Superfície limpa e seca: o substrato não deve estar empoeirado, gorduroso, com mofo, sem coesão ou com partículas soltas. Primeiro passo é limpar e secar.
  • Unifique as partículas soltas: em casos como o que descrevi acima, ou em paredes calfinadas recentemente, é altamente recomendado que a seja aplicado um fundo preparador de pintura para unificar as partículas soltas. Aqui na CYZ trabalhamos com um produto altamente eficiente chamado Selac.

Se eu tivesse este conhecimento naquela época, não teria perdido tempo e dinheiro, e nem credibilidade, com o meu cliente. Se você é profissional da área de pintura e impermeabilização, ou está envolvido com a execução de alguma obra fique bastante atendo ao tratamento das superfícies. Não vai se arrepender.

Share Button

Dicas para contratar mão-de-obra para textura e grafiato

Share Button

A textura e o grafiato são revestimentos para decoração de paredes e tetos para casas e apartamentos, que quando bem feitos e planejados, podem trazer uma aparência muito mais moderna e cheia de estilo para o seu ambiente. Se você é do tipo de pessoa que não quer arriscar em colocar a mão na massa, veja alguns cuidados necesssários na hora de encontrar um profissional que faça um trabalho de qualidade e com eficiência:

1. Referência/ Indicação: a forma ideal e mais segura de encontrar um profissional que entenda seus objetivos na hora de aplicar a textura ou grafiato é através da indicação de amigos e conhecidos. Se você não conseguir nenhum contato, solicite um portifólio de referência para avaliar os projetos já realizados pela empresa ou trabalhador a ser contratado. Ao ter esse material em mãos, avalie com cuidado principalmente os acabamentos da obra, que é a parte mais crítica e trabalhosa na hora da aplicação do revestimento e que mostra se o trabalho é profissional ou amador;

2. Tempo de mercado/ Experiência: ao contratar um profissional ou empresa de serviço para aplicar a sua textura ou grafiato, procure descobrir quanto tempo estes já estão trabalhando no mercado. Afinal, quanto mais tempo, maior a experiência e consequentemente, melhor o trabalho que será realizado. Aproveite também, e busque referências na internet, se eles possuem reclamações e alguns trabalhos que tenham gerado satisfação por outros clientes;

3. Atendimento: o atendimento é um aspecto fundamental na hora de escolher um profissional ou empresa para aplicar a textura ou grafiato, pois pela forma como você é atendido, é possível avaliar se terá algum suporte, caso haja algum imprevisto durante ou depois da realização da obra, além de ser um reflexo do tipo de serviço que será prestado.

pintorSe você adquiriu ou vai adquirir as texturas ou grafiatos com cores personalizadas da Cyz, pense se realmente vale a pena economizar na aplicação, pois um profissional pode ter alguns cuidados básicos e fundamentais que amadores não conhecem, tornando o resultado final muito mais satisfatório. E avalie também se vale a pena economizar nesse quesito, pois como todos sabem, muitas vezes “o barato sai caro” se precisar ser refeito.

Se você não encontrou ninguém para realizar o trabalho da sua obra, fale com os profissionais da Cyz e conheça alguns de nossos parceiros que oferecem garantia e qualidade na aplicação da sua textura ou grafiato.

Share Button

Cuidados ao escolher os acabamentos da obra

Share Button

Na hora de fazer o projeto da sua obra, seja de construção ou reforma, há muitos detalhes e aspectos que devem ser levados em consideração, não somente relacionados a estrutura, iluminação, ventilação e ergonomia, mas também sobre os tipos de materiais que você escolhe para os acabamentos e revestimentos.

grafiato

grafiato1

 

Esse materiais, além de influenciarem diretamente a qualidade da obra, refletem diretamente na personalidade do ambiente e no dia-a-dia da sua família, pois estão diretamente relacionados a decoração, conforto e bem-estar. Além disso, é importante lembrar que esses acabamentos e revestimentos, irão permanecer na sua casa ou apartamento por muito tempo.

grafiato2

Alguns itens que devem ser observados no momento da escolha, são: durabilidade, praticidade, resistência, cores e padronagem de cada ambiente da casa. Essas questões estão muito ligadas ao gosto individual, por isso, devem estar relacionadas as preferências de quem ira usufruir do espaço diariamente.

Para os revestimentos da parede, vale a pena considerar a textura e o grafiato para o acabamento e decoração das paredes. Na Cyz, além de produtos de qualidade e alta durabilidade, você diminui os gastos e tempo com a mão-de-obra, pois a massa já vem com cores personalizadas, deixando suas paredes protegidas, mais resistentes e no jeito que você tanto planejou.

Para não errar na escolha da sua textura ou grafiato, venha conhecer os materiais que a Cyz oferece e aproveite para conversar com um de nossos profissionais para não errar.

 

Share Button

Como isolar áreas para aplicação da textura ou grafiato?

Share Button

A textura e o grafiato com certeza são uma ótima opção para quem quer inovar na decoração da casa. Porém, antes da aplicação, é preciso tomar alguns cuidados na hora de isolar as paredes lateriais, teto, rodapés e portas e janelas para tornar esse trabalho mais profissional e deixar uma aparência bonita de algo bem feito.

Veja como isolar o ambiente para antes de aplicar a textura ou o grafiatoisolar

  1. Usando uma fita crepe, contorne os limites das paredes que não devem receber a aplicação da textura ou grafiato, bem como o teto e o rodapé para não deixar manchas ou respingos;
  2. Mantenha as extremidades exteriores da fita mais soltas, para poder arrancá-la com facilidade sem danificar o revestimento;
  3. Certifique-se de que a fita ficou firme para que o revestimento não ultrapasse os limites do isolamento;
  4. Para o chão, o ideal é que todo ele seja forrado com uma lona ou jornais, para prevenir qualquer tipo de dano em casos de possíveis acidentes;
  5. Aguardo o período de secagem indicado na embalagem da sua textura ou grafiato para remover a fita, assim você garante um acabamento de qualidade para a sua parede.

A aplicação de revestimentos do tipo textura e grafiato exige cuidado e paciência. Siga estas dicas com atenção e crie um acabamento perfeito para suas paredes, sem danos para outras partes da estrutura. Em caso de dúvidas, converse com os profissionais da Cyz que iram indicar as melhores formas de aplicação ou recomendar um dos profissionais parceiros que poderá fazer a aplicação na sua casa.

Share Button